O ContrAbuso é um projeto de pesquisa financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), no âmbito do Edital Universal de 2018. Sua concepção se deu a partir do encontro das professoras Carolina Laurenti, do Departamento de Psicologia da UEM, e Isadora Vier Machado, do Departamento de Direito Público da UEM.

Dividindo inquietações e reflexões sobre uma variedade de casos de assédio sexual no ambiente universitário, as docentes se reuniram para pensar em ações e articulações interdisciplinares que precisariam ser construídas em busca de relações mais igualitárias, justas e democráticas entre os membros da comunidade acadêmica.

O projeto foi concebido com o objetivo geral de constituir uma equipe científica para desenvolver estratégias de identificação e enfrentamento da violência sexual no contexto universitário. Isso que engloba a prática do ”trote”, nas festas de iniciação aos calouros, a rotina em sala de aula, em grupos de pesquisas e as reuniões de orientação.

Paralelamente, as professoras idealizaram um produto que pudesse ser elaborado como resultado da pesquisa a longo prazo. Comprometeram-se a formular uma ferramenta de pesquisa e intervenção, no formato de uma plataforma online (ContrAbuso), que desse subsídios à comunidade acadêmica para a identificação e enfrentamento das diferentes expressões da violência de gênero, principalmente nas práticas de assédio sexual.

Em razão disso, foi marcado um encontro para discutir sobre essa temática tão importante. O evento “ContrAbuso: Violência Sexual nas Universidades em Debate”, será realizado no dia 05 de agosto, às 08 horas no Anfiteatro do bloco C-34.

E aí, podemos contar com a sua presença?

Para saber mais, acesse a página do projeto ContrAbuso, clicando aqui.

#ParaTodosVerem- Foto de capa: Na imagem destacada, estão 10 mulheres de diferentes etnias e idades. Cada uma delas está usando uma camiseta com cor diferente, contendo uma determinada letra que completa o nome do projeto ”C O N T R A B U S O”.