Em setembro de 2019 foi ao ar na emissora britânica, BBC One, o documentário “Odd One Out”, que conta a história da cantora Jesy Nelson, integrante da girlband Little Mix, nos primeiros 5 anos da banda. A Little Mix foi formada no reality show The X Factor em 2011, sendo o primeiro grupo feminino a chegar na final do programa. O girl group formado por  Jade Thirlwall, Leigh-Anne Pinnock, Jesy Nelson e Perrie Edwards foi o grande vencedor da oitava temporada do reality, o que fez elas assinarem um contrato com a gravadora Syco Music.

0_rexfeatures_1465940je

Little Mix no The X Factor Foto: Rex features

Mas o que era para ser um momento de felicidade pela realização de um sonho, acabou se tornando um pesadelo. A cantora conta no documentário sobre o cyberbullying que sofreu após entrar para o grupo, como os comentários maldosos feitos por pessoas desconhecidas afetou sua saúde mental e acabou até mesmo levando-a para depressão. Ao longo do documentário, além de falar sobre sua experiência pessoal e como isso mudou sua vida completamente, a cantora também conversa com outros jovens que passaram por situações parecidas, alertando os efeitos que essa prática traz na vida das pessoas que sofrem esse bullying online, praticado de forma constante nas redes sociais, e o quão ruim isso pode ficar.

Logo após o grupo ganhar o reality show, suas redes sociais foram expostas a inúmeros comentários criticando sua aparência física, o que a cantora conta no documentário: (tradução livre) “O mundo inteiro tinha uma opinião sobre mim, e não eram coisas boas. Eu não era conhecida como uma das cantoras do Little Mix. Eu era conhecida como a gorda e feia. Meu cérebro começou a acreditar em tudo o que as pessoas estavam dizendo sobre mim”. Alguns comentários iam tão longe a ponto de dizer que ela não merecia viver.

A cantora contou pela primeira vez que tentou suicídio em 2013, quando tinha 22 anos, tomando o máximo de remédios que encontrou em casa: (tradução livre) “Eu estava na cama chorando, pensando, ‘Isso nunca irá passar, eu vou me sentir triste pelo resto da minha vida, então qual o motivo de eu estar aqui?”. Algo pior foi evitado por causa de seu ex-namorado na época, que ao encontrá-la percebeu que havia algo errado, e ao insistir ela o contou o que tinha acontecido, o que fez ele chamar uma ambulância que a levou ao hospital a tempo de salvar sua vida.

18635678-high_res-jesy-nelson-odd-one-out-1

Jesy Nelson no documentário “Odd One Out” Foto: BBC Three

Após a tentativa de suicídio a cantora relata que resolveu se abrir com as amigas de banda, e os empresários, e esses ofereceram um pausa nas atividades do grupo para ela se recuperar, mas que ela não aceitou a proposta por medo do que as pessoas iriam dizer, o que traria ainda mais atenção para si mesma. Apesar de tudo, o momento serviu para ela perceber que precisava buscar ajuda especializada, o que ela fez, e no presente Jesy Nelson conta que apesar de todas as marcas do passado, ela não liga para o que os outros pensam mais e que aprendeu a se amar.

Depois de toda essa trajetória, a cantora conta que a ideia de fazer um documentário foi para tentar conscientizar sobre os problemas de saúde mental, não só para poder ajudar outras pessoas que passam ou passaram pelos mesmos traumas que ela, mas também para finalmente tirar das costas o peso desse segredo. 

É válido lembrar que em 2011, época que a cantora começou a sofrer com o cyberbullying, a internet ainda não era tudo o que ela é hoje, o que mostra que os jovens atualmente estão ainda mais expostos a essa prática. Cada vez mais a internet ganha novos usuários, aumenta-se o número de redes sociais, e tudo isso vai criando ainda mais espaço para esse bullying online. Por isso que experiências, como a sofrida pela cantora, são importantes de serem compartilhadas com o público, tanto para a conscientização sobre o assunto, quanto para mostrar seu depoimento de como conseguiu superar tudo isso.

O documentário está disponível no site BBC Three, mas pode ser acessado somente por moradores do Reino Unido, para pessoas de outros lugares é necessário a instalação de um VPN. O canal da BBC Three no YouTube disponibilizou uma prévia do documentário que pode ser assistida abaixo:

 


Fontes:

Hits Radio

The Guardian