Nesta criação visual, buscou-se analisar a relação de crianças com a tecnologia. A fim de captar  um aprisionamento de brincadeiras que antigamente não necessitavam de uma interação com telas, criou-se gifs representando essa mudança de ambientes.

Sabemos que o contato com  dispositivos eletrônicos, como celulares e tablets,  promove outros tipos de interações, não cabe aqui restringi-las entre boas ou más. Mas sim oportunizar a discussão sobre a familiaridade da conexão infantil com aparelhos.

Afinal, seria apenas os brinquedos aprisionados ou as crianças também?

Deixa a gente saber o que você pensa sobre o assunto!