Anna-Lou Leibovitz possui um estilo único apresentados em suas fotografias e é uma das maiores fotógrafas da atualidade. Conhecida por seus retratos que poderiam ser comparados a quadros renascentistas e a mistura de luz natural com a artificial das máquinas fotográficas, iniciou sua carreira nos anos 60, em um período de grande liberdade artística e cultural, e logo na década seguinte conseguiu uma vaga de emprego na revista Rolling Stone, bem como a oportunidade de cobrir diversos ensaios e momentos, como a turnê da banda de mesmo nome, em 1975.

Segundo o blog eMania, Leibovitz seguia no começo da carreira uma “estética do acaso”, ou seja, fotografava sem grandes produções e estéticas específicas, preferindo as fotos em preto e branco. Também se inspirava em fotógrafos do cotidiano como Robert Frank e Henri Cartier-Bresson e já foi fotógrafa de guerra, registrando acontecimentos durante os conflitos em Sarajevo e em Ruanda.

Sua estética mudou com sua contratação na revista Vanity Fair, em 1983, poucos anos depois da icônica foto de John Lennon e Yoko Ono poucas horas antes da morte do cantor, em que ele se encontra nu e em posição fetal abraçando sua esposa, vestida, sobre o carpete se deu apartamento no edifício Dakota. Nas publicações, passou a fotografar ensaios fotográficos e editoriais de moda, criando uma estética “mais conceitual, exuberante e aburguesada, colocando fim à longa década que passou procurando um sentido na carreira”, segundo o El País.

Desde 1971, Annie Leibovitz fotografa para a Vogue americana. Relembre suas capas mais emblemáticas (Foto: Annie Leibovitz/divulgação E Reproduções Capas Vogue Americana Edições Dezembro 2000, Novembro 2003, Abril 2005, Abril 2008, Setembro 2006, Novembro 2009, Junho 2012 e Abril 2014)

Capas fotografadas por Annie (Reprodução/Vogue)

Também fotografou para outra revista de moda, a Vogue, e foi elogiada pela editora-chefe Anna Wintour, ao dizer em uma entrevista que o investimento em Leibovitz valia muito a pena, pois “ela te dá uma imagem como ninguém mais pode conseguir”, segundo a editora ao eMania. Campanhas para marcas como Moncler FW15, Alexander Wang, Lady Dior e Bulgari.

Annie Leibovitz também já lançou seis livros durante sua carreira: Photographs, Photographs 1970-1990, American Olympians, Women, American Music e A Photographer’s Life 1999-2007. Sua vida e bastidores de seu trabalho também foram documentados em “Annie Leibovitz: A Vida Através das Lentes”, dirigido por Barbara Leibovitz, irmã mais nova da fotógrafa.

 

Confira uma galeria com mais algumas de suas fotografias aqui.