O estágio desperta o interesse de todos(as) os(as) estudantes do curso, principalmente daqueles(as) que precisam de alguma fonte de renda durante a faculdade. Entretanto, muitos(as) estudantes, repetindo uma cultura presente em nossa sociedade, ignoram que o estágio é uma atividade formativa e educacional, cujo objetivo é relacionar as atividades desenvolvidas dentro da UEM com atividades cotidianas em ambientes de trabalho reais.

Nesse sentido, a primeira coisa que deve ser levada em conta, quando for se considerar o início de um estágio é a sua potencial contribuição para sua formação como comunicólogo(a), independente da bolsa oferecida.

Em segundo lugar, é importante salientar que o Curso de Comunicação e Multimeios da UEM tem como um de seus objetivos contribuir para a consolidação de um mercado de trabalho de comunicação que respeite alunos(as)-estagiários(as) e profissionais, e que não busque atalhos para uso do estágio como fonte de mão-de-obra barata. Assim sendo, os estágios só são permititdos a partir do alcance de uma base teórica e técnica mínima para o diálogo entre espaços profissionais e conhecimento acadêmico.

Todos(as) que tiverem interesse em iniciar um estágio devem ler o regulamento oficial do curso, disponível nessa página, pois ele estabelece em detalhe cada uma das pessoas envolvidas no processo, seus direitos e deveres.

O regulamento também diferencia Estágios Não-obrigatórios e obrigatórios:

Estágio Não-obrigatório

Pode ser realizado SOMENTE a partir do terceiro ano do curso* por iniciativa do(a) aluno(a) e sua carga-horária não pode ser usada validar a carga-horária do Estágio Obrigatório.

Obrigatoriamente, todo estágio nesta modalidade deve ser remunerado e o seguro contra acidentes pessoais é de responsabilidade da organização concedente.

*Excepcionalmente, todos(as) os(as) alunos(as) do curso, a partir do primeiro ano, podem fazer estágios não-obrigatórios concedidos por órgãos internos da UEM.

Estágio Obrigatório

O Estágio Obrigatório é uma atividade curricular exigida para a conclusão do curso. Ele é realizado apenas no quarto ano, obrigatoriamente, durante a participação assídua nas disciplinas de Estágio Curricular Supervisionado I e II.

Sua carga-horária mínima é de 204h (102h para cada disciplina) que podem ser realizadas sem interrupção, independente do semestre em que se encontra o(a) aluno(a).

No Estágio Obrigatório, o pagamento de bolsa não é exigido e o seguro contra acidadentes pessoais é responsabilidade da UEM.

Outras Informações

Após a leitura do regulamento, leve em consideração os seguintes passos:

Busca de vagas

Vagas de estágio são divulgadas em sites de emprego e principalmente em sites de integradoras.

Integradoras são agências especializadas em organizar e divulgar vagas de estágio que trabalham junto a organizações concedentes. Algumas possibilidades são:

Central de Estágio do Governo do Estado do Paraná
CIEE
ABRE
PROE

Além disso, considere o tipo de estágio e seus objetivos:

Estágio Não-obrigatório

Recomenda-se a busca deste tipo de estágio em áreas de interesse do(a) aluno(a), cuja experiência contribuirá para especialização e aprofundamento em processos cotidianos dessa área.

Estágio Obrigatório

Como este estágio não exige pagamento de bolsa, para a busca de vagas, recomenda-se não se limitar às vagas anunciadas e/ou abertas. É possível buscar organizações de interesse e oferecer-se como estagiário, já que não haveria custos para essa organização. A recomendação, portanto, é de buscar vagas baseando-se em sua experiência prévia e/ou objetivos para depois do curso.

Se possuir experiência prévia

Busque vagas em outras áreas, diversificando a fonte de conhecimentos e ampliando áreas de atuação.

Se busca se manter em uma área

Busque vagas que permitam usar o estágio como argumento de currículo, preenchendo requisitos para se manter atuando na área de interesse.

Formalização

Após conseguir uma vaga, a formalização é um passo fundamental. Deve ser feita antes das atividades iniciarem. Não é permitida a assinatura de termos de estágio retroativamente: ou seja, para iniciar o estágio, toda a papelada já deve estar assinada.

  1. Recolhendo os dados importantes;

Para preenchimento dos documentos você precisará de alguns dados. No caso de vagas promovidas por integradoras, alguns destes dados já estarão disponíveis. Caso não haja integradora, a Divisão de Estágio da UEM (ETG) age como integradora e você deve recolher todos os dados para preencher os formulários no sistema.

  • Seus dados pessoais;
  • Dados da organização concedente e do(a) Supervisor(a) que te acompanhará na organização;
  • Dados do(a) orientador(a) de estágio. Para saber quem pode te orientar, você deve entrar em contato com o(a) Coordenador(a) de Estágio do Curso. No caso de Estágio Obrigatório, seu(sua) orientador(a) é seu professor da disciplina de Estágio Curricular Supervisionado I e II;
  • Data de início e término do Estágio, horários das atividades e carga-horária semanal;
  • Atividades a serem realizadas durante o estágio. Estas, devem ser discutidas junto à(o) supervisor(a) e aprovadas pelo(a) orientador(a).
  1. Preenchendo formulários

Os formulários são preenchidos pela integradora ou por você mesmo(a) no sistema da ETG.

Lembre-se de preencher tudo com a máxima antecedência possível para haver tempo de concluir as assinaturas e iniciar o estágio.

  1. Assinaturas

A pandemia de COVID-19, declara em 2020, exigiu adpatação dos processos de assinatura em termos de estágio. Na maior parte das vezes, essas assinaturas estão ocorrendo digitalmente. Quando isso ocorre, a ordem de assinaturas é dada pelo próprio sistema e basta verificar se todos receberam os pedidos de assinatura e salvar seus documentos após finalização do processo.

Em casos em que a assinatura não é feita em sistemas próprios, a coleta de assinaturas deve seguir a seguinte ordem:

  1. a) Professores(as) Orientador(a) e Coordenador(a) de Estágios;
    b) Estagiário(a)
    c) Concedente e/ou Supervisor(a)
    d) Divisão de Estágios (ETG)
  1. Início das atividades
    Após recolher todas as assinaturas, as atividades podem ser iníciadas na data prevista no Plano de Estágio.

Orientação e Relatórios

Deve-se sempre deixar o(a) orientador(a) ciente de todas as atividades realizadas no estágio. Isso é normalmente feito por relatórios periódicos e finais.

A periodicidade e formato dos relatórios é acordada com o(a) orientador(a), mas ocorre no mínimo a cada 6 meses e descreve as tarefas executadas, sua relação com os conteúdos aprendidos no curso e reflexões acerca do estágio e da profissão.

Modelos de relatório podem ser encontrados nessa página